CAUSOS DO MILONGA.

As Alopradas !
Depois que um caminhão tombou numa rodovia que corta a região norte fluminense,derramando uma boa quantidade de produto tóxico num afluente do Paraíba,os jornais e emissoras de rádio começaram a desaconselhar o consumo d`água e até mesmo a ingestão de peixes provenientes daquele importante rio. Eu ainda estava apresentando um programa de esportes em companhia de Aluízio Cabral Parente, Pessanha Filho, Wallace Oliveira no estúdio da Campos Difusora. Num pequeno intervalo para os comerciais, surgiram na porta duas moças, que se apresentaram como professoras e estudantes de Serviço Social. Elas queriam saber se um de nós possuía carro com aparelhagem de som, pois pretendiam colaborar com a campanha para alertar a população quanto aos riscos oferecidos pela água, supostamente contaminada.Nós elogiamos a iniciativa das duas, mas explicamos que nossos veículos não dispunham de aparelhagem de som. Foi então que apareceu o Edgar Lopes Crespo, conhecido por Gazinho, que apresentaria logo depois do Esporte, a Patrulha do Rádio. Posto ao par do que estava acontecendo e querendo ser candidato a vereador.foi logo colocando o seu “Fuscão” a disposição, mas,fez questão de ter certeza que ambas possuíam carteira de habilitação.”Não vou poder dirigir, pois tenho programa agora,mas as chaves estão aqui. Só peço que voltem dentro de uma hora, já que é o tempo de duração da Patrulha. Me lembro que uma das professoras se chamava Inês e da outra não me recordo do nome. Terminamos o programa esportivo, Gazinho passou a apresentar a sua patrulha. Descemos e fomos jogar conversa fora no Bar Capital, do Elcio Matoso, torcedor fanático do Goytacaz., Passados mais alguns minutos e eis que aparece o apresentador .totalmente espavorado, implorando ajuda;”Aquelas duas malucas saíram daqui e fora direto para o Mercado Municipal. Estão passando várias vezes pela peixaria e gritando para o povo não comprar peixe porque os peixes estavam matando” Na verdade, enquanto uma dirigia o fuscão, a outra berrava no microfone,”Não coma peixe, peixe mata”Só que os donos de boxes da Peixaria trataram de preparar uma barricada, e lá pela quinta vez que as duas passaram,a “artilharia”funcionou. Foi tomate podre, mamão, e até pedaços de melancia voaram em direção ao carro. Tudo acompanhado de xingamentos e ameaças de toda espécie,A primeira coisa que fizeram foi fechar os vidros e pisar no acelerador, mesmo sem praticamente enxergar nada que estava à 50 metros,tamanha era a sujeira do pequeno carro. Quando nós já saíamos com o colega radialista para levá-lo ao Mercado, surgiram as alopradas professoras . Cascas de banana e escamas de peixe também faziam parte da ornamentação do Fuscão. E o Gazinho só repetia.”E eu, que estava bem com os feirantes. Agora,depois do que as malucas aprontaram, nem sei se vou ter voto daquela turma. Acho até que depois dessa já perdi a eleição” E não é que perdeu mesmo ? E até que foi por poucos votos. Elas deixaram o carro ao lado da igreja de Nossa Senhora do Rosário, penduraram as chaves no retrovisor e nunca mais nós as vimos.Será que pelo menos, votaram no radialista ? Só as duas podem esclarecer.

 

luiz candido tinoco e pá e bola
Luiz Cândido Tinôco
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s